Avança a fiscalização do contrato do Município com a Corsan

    Qwerty Portal de Notícias

    Na manhã de ontem, quarta-feira (29), foi realizada na Câmara de Vereadores de Dom Pedrito a segunda reunião da Comissão Provisória Legislativa formada para fiscalizar o cumprimento do contrato vigente entre o município de Dom Pedrito e a Corsan, que foi criada por iniciativa do vereador Jorge Vogel (PP) e atualmente está composta pelos vereadores Cláudio Arrué, do PMDB (presidente); Douglas Peralta, do PSDB (relator); Jorge Vogel (PP); Alberto Rodrigues (PDT) e Dionil Pereira (PT).

    Quando da primeira vez que a Comissão esteve reunida, em 23 de fevereiro passado, a maioria dos questionamentos apresentados pelos vereadores aos dirigentes da Corsan ficou sem respostas, tendo sido solicitado pelo superintendente regional da Companhia, José Antônio Marin, que as questões lhes fossem enviadas por escrito, o que de fato aconteceu. O Legislativo pedritense protocolou tal documento na agência local da Corsan no dia 19 de abril de 2016. Entretanto, por problemas internos de tramitação na Companhia, o ofício da Corsan respondendo aos parlamentares deu entrada na secretaria do Legislativo pedritense apenas no final do expediente de 28 de junho de 2016, ocasionando que fosse distribuído nos gabinetes dos vereadores que compõem a Comissão apenas na manhã do dia 29 de junho, isto é, momentos antes de a reunião ter início, o que impossibilitou sua análise e discussão detalhadas, já que os vereadores ainda não tinham lido o documento.

    Mesmo assim, houve avanços. O superintendente Marin novamente compareceu diante dos vereadores acompanhado, desta vez, pela superintendente adjunta, Léa Basei, juntamente com o gerente local da Companhia, Pedro Derli Teixeira. Pode-se afirmar que algumas questões começam, finalmente, a ser bem encaminhadas. Por exemplo: o problema do fechamento dos buracos e valas abertos pela Corsan para a realização de obras, que não vêm sendo adequadamente recompostos após os serviços realizados, via-de-regra apresentando muitas imperfeições principalmente quanto à recomposição de calçamento ou asfalto. Já no dia anterior à reunião – portanto, no dia 28 de junho – a equipe da Corsan encontrava-se em Dom Pedrito, tendo recorrido e mapeado todos os pontos em que deverá haver a recuperação de serviços que deixaram a desejar nas ruas da cidade.

    Também ficou definido que a Comissão estará novamente reunida após o dia 10 de agosto, data em que o Fundo Municipal de Gestão Compartilhada promoverá a sua reunião, de forma que as deliberações que houverem nesta já sejam divulgadas na próxima reunião da Comissão Parlamentar.

    Finalmente,  os trabalhos foram concluídos com alguns encaminhamentos. A saber: pediu-se acesso ao levantamento realizado pela Corsan sobre as repavimentações que serão feitas nas ruas da cidade; apresentação resumida do Fundo de Gestão Compartilhada; levantamento do que é arrecadado e investido no município, desde o início do contrato, em 2012; situações pontuais que estão sem solução, como a ligação de água no Parque Temático da Serrinha, entre outros.

     

    Silvio Bermann