PRF alerta para chance de mais acidentes com animais no inverno

    24/junho/2016 às 10h10min
     Atualizado domingo, dia 26 de junho de 2016 às 20h17min

    Os acidentes de trânsito envolvendo animais em estradas tendem a aumentar com a chegada do inverno no Rio Grande do Sul. É o que alerta a Polícia Rodoviária Federal.

    Até abril deste ano, foram 70 casos registrados em rodovias federais do estado, que deixaram nove pessoas gravemente feridas, conforme a PRF. Esse número, entretanto, vem caindo desde 2013. Em 2015, foram 93 acidentes no mesmo período. Mas as ocorrências costumam subir nesta época do ano, quando o frio se intensifica, porque os animais invadem a pista à noite para se aquecer no asfalto, que retém o calor durante o dia, explica a PRF.

    Por isso, o alerta é para que os motoristas tenham uma atenção especial ao dirigir nos próximos meses nas estradas gaúchas. No caso de se deparar com um animal na pista, a polícia orienta o condutor a manter a calma para evitar um estrago ainda maior.

    “Antes de frear, o motorista deve verificar se não tem um veículo próximo a ele. Um desvio feito de forma brusca pode causar uma capotagem, saída de pista ou colisão frontal”, alerta o inspetor da PRF Felipe Barth .

    A comunidade também pode ajudar na prevenção desses acidentes, avisando as autoridades quando avistar um animal na rodovia. Em se tratando de estradas federais, a ligação deve ser feita para o número 191. Se a rodovia for estadual, o 198 deve ser acionado.

    Em alguns municípios do estado, como Itaqui, Santana do Livramento, Uruguaiana e Alegrete, já houve a formalização de um convênio que prevê o recolhimento e guarda dos animais pela polícia. O município é o responsável por indicar um espaço apropriado para abrigar esses animais. É um trabalho preventivo que busca a redução desse tipo de acidente. “A PRF está conversando com várias prefeituras no interior e esperamos que até o final do ano mais convênios sejam feitos”, diz o inspetor.

    Jornal Floripa