Polícia continua investigações sobre atropelamento que matou idosa em Bagé

    21/junho/2016 às 10h33min
     Atualizado terça-feira, dia 21 de junho de 2016 às 15h52min
    Francisco Bosco/FS

    O motorista indiciado como responsável pelo atropelamento de Thereza Valnir Moraes Pacheco, 71 anos, está respondendo o processo em liberdade. O acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (18), entre a avenida Marechal Floriano e a rua General Neto. Threza foi atingida por um caminhão caçamba para recolhimentos de entulho, conduzido por José Antônio Caldeira da Silva, 58 anos.

    A idosa morreu na hora e Silva foi embora do local do acidente. Ele se apresentou, ainda na tarde de sexta-feira, e chegou a ser encaminhado ao Presídio Regional de Bagé (PRB). Em depoimento à Polícia Civil, o acusado disse que não fugiu. O motorista alegou não ter visto o que aconteceu e foi avisado do fato um tempo depois.

    O delegado Luis Eduardo Benites, titular da 2ª Delegacia de Polícia, que está trabalhando no caso, informou que as investigações continuam. Ele relatou que já solicitou as gravações das câmeras de videomonitoramento e aguarda o depoimento de algumas testemunhas. “Estamos investigando. E o acusado foi liberado porque tem trabalho, residência fixa e não tem antecedentes. Deve permanecer em liberdade provisória”, justifica.

    Jornal O Minuano/Daiane Lima