GOE cumpre mandado de prisão na manhã desta quinta-feira

    2/junho/2016 às 11h59min
     Atualizado quinta-feira, dia 2 de junho de 2016 às 20h31min

    Por volta das 9h25 da manhã desta quinta-feira (2), a guarnição do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Brigada Militar efetuou a prisão de Nelson Thomaz Xavier. Ele teve a prisão decretada pela Comarca local com sentença condenatória e foi encaminhado ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde ficará à disposição da Justiça.

    O mandado de prisão foi expedido na última segunda-feira (30), pela 1ª vara de execuções criminais. A pena restante a ser cumprida por Nelson é de 1 ano, 10 meses e 20 dias em regime semi-aberto.

    Xavier foi condenado por dois crimes de furto, conforme processos. O primeiro crime cometido em 2007: condenado a dois anos no regime aberto. Leia na íntegra o que diz no processo: “Durante a noite do dia 18 e madrugada do dia 19 de dezembro de 2007 no interior da Fazenda Santa Zilda, situado na localidade do Campo Seco, interior do município, Nelon Thomaz Xavier e outro acusado subtraíram, para si, três ovinos de propriedade da vítima identificada como Cristiane. Os animais foram avaliados em R$462,00 (quatrocentos e sessenta e dois reais), conforme auto de apreensão. Na ocasião, os denunciados foram presos em flagrante delito pela Brigada Militar quando deslocavam-se em uma carroça com o produto do furto.”

    O segundo crime ocorreu em 2010. Por este crime ele foi condenado a 8 meses em regime aberto. De acordo com processo: “No dia 07 de julho de 2010, na localidade de Caveiras, 2º Distrito, nesta cidade, Nelson Thomaz acompanhado de um outro acusado, subtraíram trinta e nove tocos de madeira, um facão com cabo de madeira e cerca de 42cm de lâmina e um machado com cabo em madeira, pertencentes a Julio Cesar Gomes da Silva Netto. Na ocasião, os denunciados subtraíram os objetos de dentro da propriedade da vítima, empreendendo fuga do local, sendo abordados na posse dos objetos e presos em flagrante.”