Professores voltam a manifestar na Praça General Osório

O Dia do Desafio foi celebrado de uma forma diferente para alguns professores da rede Estadual de ensino de Dom Pedrito. Eles foram até a Praça General Osório para manifestar e, com apoio de alguns pais e alunos, mostraram que o movimento – que antes era só da Escola Bernardino Ângelo – hoje já traz professores de outras escolas, mesmo que ainda sejam poucos.

A única escola que decidiu paralisar foi a Bernardino Ângelo, que segue convidando as demais escolas para paralisarem e brigarem pelos seus direitos.

Os profissionais reivindicam questões sobre a aposentaria das professoras, que pode ser aumentada de 50 para 55 anos. Além disso, eles não aceitam os cortes da licença premium, entre outros. Entretanto, segundo os professores que estavam no local, o pior dos fatos que o governo quer fazer, segundo eles, é terceirizar as escolas para serem administradas por Organizações Sociais (OSs). Segundo representantes do Bernardino Ângelo, a escola está ocupada pelos alunos e ainda não existe previsão para que a greve encerre.