CRISE NA EDUCAÇÃO

    Livramento teve manhã marcada por manifestações de professores em greve

    17/maio/2016 às 16h44min
     Atualizado terça-feira, dia 17 de maio de 2016 às 16h44min
    Jéssica Ribeiro/AP

    No segundo dia de greve nas escolas públicas estaduais, alunos e professores organizaram-se logo cedo para uma série de ações. Próximo às 9h da manhã, professores concentraram-se na Escola General Neto, de onde partiram em caminhada até a sede da Secretaria da 19ª Coordenadoria de Educação. A manifestação também contou com a participação de alunos e docentes da Escola Alceu Wamosy, que se juntaram ao grupo em frente à escola.

    Na 19ª CRE, o grupo listou novamente as reivindicações salariais da categoria e destacou o sucateamento das escolas, em função do atraso ou falta de repasse de verbas às escolas. Após a manifestação no local, representantes do 23º Núcleo do Cpers e professores dirigiram-se até a Câmara de Vereadores, onde participarão de sessão na Tribuna Popular do Legislativo.

    Jéssica Ribeiro – A Plateia