Lançamento do documentário sobre clássico Ba-Gua é adiado

    10/maio/2016 às 09h05min
     Atualizado terça-feira, dia 10 de maio de 2016 às 16h19min
    (Foto: Arquivo/Folha do Sul)

    O documentário “Ba-Gua: uma cidade à margem do futebol moderno” estava previsto para ser lançado oficialmente em abril. Contudo, por dificuldades financeiras, o ato teve que ser adiado. A expectativa é de que a apresentação do filme ocorra em janeiro de 2017.

    Segundo um dos diretores, Leonardo Brião, a falta de recursos é uma dificuldade que as produções independentes costumam enfrentar. “As viagens à Bagé têm um custo alto, e cada uma deve ser muito bem planejada. Portanto, não estamos trabalhando com uma data precisa neste momento”, relata.

    Entretanto, Brião comenta que o trabalho segue em andamento. Destaque para as entrevistas feitas com ex-jogadores históricos, como Abílio e Saulzinho (Guarany) e Paulo Roberto Rocha (Bagé).

    O diretor relata que a equipe de produção organizou um encontro, em Porto Alegre, de ex-jogadores do jalde-negro, que participaram da campanha do título da Taça Governador, em 1974. Na ocasião, estiveram presentes Otacílio, Otávio e Rubilar. Outro fator essencial que Brião salienta foi a coleta de dados nos jornais arquivados no Museu Dom Diogo de Souza.
    Sobre a votação, encerrada em fevereiro, dos melhores jogadores da história da dupla, Brião ressalta que houve uma grande adesão. As escalações serão exibidas no filme. “Também estamos ansiosos pelo lançamento, mas esse adiamento se deve pelo fato de querermos realizar o melhor trabalho possível com os clubes e a cidade, com um documentário que fique na memória de Bagé”, frisa.

    Jornal Folha do Sul