Cresce o número de suspeitas de H1N1 em Dom Pedrito e região

    Divulgação

    Após a confirmação do primeiro caso de H1N1 em Bagé ontem, conforme a médica pneumologista da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Flávia Marzola, foi confirmado também mais um caso de Influenza em Dom Pedrito.

    Segundo a médica, a infectada é uma mulher do grupo prioritário, no caso uma idosa de 81 anos. “Ela está bem. Já fez o tratamento. A vacina é a melhor maneira de evitar a gripe e suas complicações, todos os anos é necessário receber uma nova dose. Só assim e tomando as devidas precauções para evitar a doença”, destaca.

    Segundo Flávia, até quinta-feira, haviam quatro casos suspeitos em Bagé. “Um desses teve resultado negativo. Porém, entrou mais três. Até o momento, temos seis casos de suspeita”, salienta.

    Também na região da Campanha, em Dom Pedrito, desde o meio da semana estão suspensas as visitas a pacientes na Santa Casa de Caridade. A decisão foi tomada devido ao aumento das doenças respiratórias no município. Até o momento, conforme a chefe de enfermagem da instituição, Luíza Ferrer Brinhol, o município já teve oito casos de suspeita de H1N1. Porém, duas foram descartadas.

    Folha do Sul