Homicídio

    Acusados de matar Lindomar Vieira Gomes irão à Júri Popular

    30/abril/2016 às 21h00min
     Atualizado sábado, dia 30 de abril de 2016 às 22h04min

    Os acusados de matar Lindomar Vieira Gomes, no dia 14 de março de 2016, foram pronunciados pela 1ª vara da Comarca Local em apenas 42 dias após o crime, o que demonstra uma agilidade muito grande do trabalho da Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário.

    Foram ouvidas testemunhas, seguidas de interrogatórios dos acusados e as defesas que complementaram os debates alegando a improcedência da corrupção de menores em razão da ausência de liame subjetivo entre as condutas.

    Segundo documento da 1ª vara, a autoria dos golpes a faca é incontroversa, pois ao mesmo tempo em que foi admitida por Marcelo Veiga da Cunha – e a imagem gravada confirma a sua confissão – houve ainda o respaldo das testemunhas que viram ele dar as facadas.

    O irmão de Marcelo, que também teve participação no homicídio, Márcio Veiga da Cunha, também irá à Júri. Uma testemunha que faltou a audiência teve que ser conduzida coercitivamente e irá responder por crime de desobediência, o que demonstra que o Judiciário está agindo com bastante rigor e agilidade para que a lei seja cumprida.

    Relembre o Caso, clicando aqui.