Homem é encontrado morto em residência atingida pela enchente; pelo menos quinze famílias já foram retiradas de suas casas

Roberto Carlos Marino Maia, de 47 anos, foi encontrado morto em uma residência situada na rua Moreira César atingida pela enchente. O Corpo de Bombeiros foi até a casa do homem e constatou que ele já estava em óbito. A Polícia Civil também esteve no local para registrar a ocorrência.

Segundo informações, quando o Corpo de Bombeiros chegou à residência, Roberto Carlos já estava sem vida em cima de uma cama. O corpo dele será encaminhado para exame de necropsia em Bagé.

Às 17h de hoje (25), a régua do rio marcava 5,85 metros.

O número de famílias que teve que sair de suas casas devido às cheias aumentou para quinze e, segundo o secretário municipal de Obras, Marco Antônio Piriz, esse número pode ser ainda maior.

“Em abrigo público estão doze famílias. Três famílias foram para a casa de parentes. Não tenho o número de quem está saindo por conta própria, mas muita gente sai com transporte particular”, informa Marco Antônio, acrescentando que com a chegada do frio, o rio pode acabar baixando e as famílias possam retornar às suas casas.