Contrato entre Prefeitura de Pelotas e Santa Casa de Bagé já realizou 95 cirurgias oftalmológicas

    Foto: Shana Dockendorff / Prefeitura de Pelotas

    Em três meses, um contrato entre a Prefeitura de Pelotas e a Santa Casa de Caridade de Bagé já realizou 154 consultas e 95 cirurgias para correção ou recuperação da visão. O investimento é de mais de R$ 500 mil de recursos federais por ano e prevê 7.320 procedimentos, entre exames pré-operatórios e cirurgias.

    Alguns atendimentos oftalmológicos não são realizados em Pelotas e região. Por isso, o Executivo contratualizou a instituição de Bagé para cirurgia de glaucoma, retinopatia diabética e vitrectomia, dentre outros serviços. Também são mantidos contratos com o Hospital de Pinheiro Machado, para cirurgia de catarata, e com a Beneficência Portuguesa de Pelotas, para cirurgia de catarata e pterígio (crescimento do tecido da conjuntiva sobre a córnea), além de consultas clínicas.

    De acordo com a Secretaria de Saúde, cerca de 1,8 mil pessoas aguardam para consultas. O tempo de espera pode levar entre seis meses e um ano, mas casos urgentes são priorizados. A maior demanda é de pacientes com catarata. Segundo a diretora de gestão ambulatorial e hospitalar de Pelotas, Rosângela Soares, idosos acima de 65 anos têm um grau maior ou menor da doença. “Faz parte do envelhecimento do cristalino”, explica.

    Gaúcha