CLÁSSICO DA REGIÃO

    Domingo será dia de Ba-Gua no Estádio Pedra Moura em Bagé

    11/abril/2016 às 16h04min
     Atualizado segunda-feira, dia 11 de abril de 2016 às 16h09min
    Foto: Arquivo/Jornal Folha do Sul

    Programado para domingo, 17 de abril, às 15h, no Pedra Moura, o Ba-Gua 420 será um fortíssimo atrativo para o torcedor bageense, envolto num clima de histórica rivalidade. Será a abertura do campeonato gaúcho da segunda divisão de profissionais, uma realidade, na sua nova versão, vivida pelos clubes locais desde 2011, quando ambos foram rebaixados àquela que, na prática, significa a terceirona dos Pampas.

    Nesta segunda-feira, retornam os treinamentos em dois turnos. A programação permanece até quarta-feira, ficando a quinta e a sexta restritas, no caso do Guarany, em atividades à parte da tarde.

    No contexto do Ba-Gua, uma sigla assume significado especialíssimo. Trata-se do BID – Boletim de Informações Diárias da Confederação Brasileira de Futebol, instrumento que, divulgado  de segunda a sexta-feira, até as 18h, informa os jogadores plenamente habilitados a participar de jogos oficiais em todo o Brasil.

    De parte do Bagé, a divulgação já contemplou os nomes de Baltazar José Pinho Júnior (o Júnior Paulista), Pedro Rodrigo Gonçalves de Brito Júnior (Pedrinho), Wesley Ferreira Teixeira, Mateus Morselli Bueno e Guilherme Costa de Avila; os três últimos goleiros.

    O Guarany já regularizou os contratos de Gian Carvalho Resende (terceiro goleiro), Juliano da Silva Guterres (Juliano Madalena), Bruno Nogueira Barbosa, Gabriel Dorneles Henriques, Cristiano Magno Nunes da Silva e Gabriel de Lima Guterres. No caso do goleiro Fernando Costa, trata-se de transferência de caráter internacional, na medida que, no ano passado, o atleta atuou na Guiné, África.

    Jornal Folha do Sul