Homem que queria ir para a cadeia é preso pela Brigada Militar

    7/abril/2016 às 16h06min
     Atualizado quinta-feira, dia 7 de abril de 2016 às 16h10min

    Agência de Inteligência, POE e Rotam cumpriram mandado expedido após descumprimentos de prisão domiciliar

    Na manhã desta sexta-feira (7), a Brigada Militar através do Pelotão de Operações cumpriu o mandado de prisão expedito pela vara criminal de Sant’Ana do Livramento em desfavor do indivíduo identificado como Tiago Gonçalves Linhares que após dois descumprimento de prisão domiciliar levaram o juiz responsável pela Comarca de Livramento a suspender o benefício. Desta forma o homem será recolhido ao Presídio até o Judiciário local decida a pena do cidadão. Segundo relato da Agência de Inteligência da Brigada Militar, o indivíduo foi encontrado em um endereço que não era onde deveria estar.

    Conheça o caso
    Na noite de 21 de março, o Pelotão de Operações Especiais em abordagem no Bairro Wilson capturou o indivíduo, que está em prisão domiciliar, mas no momento estava perambulando pelas vias daquela localidade.

    Levado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, os policiais ficaram por dentro da situação do homem que horas depois foi liberado.

    Naquela ocasião. antes de deixar a Delegacia, o homem foi orientado a não sair de casa, senão voltaria para o regime semiaberto, no qual trabalha durante o dia e dorme no Presídio à noite. Em resposta à Polícia Civil, o homem relatou que queria estar preso, mas não conseguia, ainda afirmou que é ruim ficar em casa, no Presídio a situação é melhor. Para finalizar o homem explicou que no dia 31 de janeiro falou com sua mãe e afirmou a ela que estava saindo para cometer um crime.

    O crime daquele dia foi publicado no Jornal A Plateia, que contou a ação do homem que roubou carne do açougue de um supermercado e foi preso em flagrante. Sobre aquele ocorrido, o acusado reclamou, “eu falei, mãe, estou indo para roubar, assim vou ser preso. Ela não acreditou, mas fui”, afirmou. Continuando ele Desabafou: “Senhora (referindo-se a policial), eu fui preso em flagrante e me mandaram embora depois, eu perguntei, ‘sério?’, e falaram sim, sério. Me indignei e fui para casa”, finalizou o homem que foi liberado mais uma vez.

    A Plateia / Brigada Militar de Sant’Ana do Livramento