Operação contra tráfico de drogas próximo a escolas detém uma acusada em Bagé

    29/março/2016 às 00h00min
     Atualizado terça-feira, dia 29 de março de 2016 às 00h00min
    56fa7bd6.jpg

    A operação Anjos da Lei, realizada ontem em todo o Rio Grande do Sul, sob coordenação do Departamento de Investigação do Narcotráfico (Denarc) com as Delegacias Especializadas em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrecs), culminou com mais de 18 prisões de suspeitos por tráfico de drogas, além de apreensões de armas, munições e entorpecentes em regiões próximas a escolas.

    Em Bagé, a operação, que foi comandada pelo delegado Cristiano Ritta e contou com 10 agentes, prendeu Franciele Dalbão Côrrea, 23 anos, acusada de tráfico de entorpecentes e por posse de mais de 15 pedras de crack. “Ela estava com algumas crianças na casa e jogou a droga dentro de um pote, pela janela”, ressaltou. 

    Conforme o delegado, ao todo, na Rainha da Fronteira, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo apreendidas munições calibre 38, 15 pedras de crack e algumas porções de maconha.  “Manteremos um constante monitoramento do entorno dos estabelecimentos de ensino. Pretendo realizar, pelo menos uma vez por mês, essas ações com a equipe, para coibir a comercialização nesses locais”, garantiu.

    A investigação, segundo Ritta, estava sendo desenvolvida há dois meses. “A equipe se empenhou. Realizamos filmagens. Durante esse processo de investigação, vimos vários jovens batendo em portas e janelas das residências dos suspeitos para comprar os entorpecentes. Também verificamos que havia entregas com um motociclista em uma região”, ressaltou o delegado.

    Das cinco residências vistoriada na cidade, em duas havia drogas (sendo que, em uma delas, estava a acusada Franciele). E, em um dos locais, havia munições calibre 38; em outras duas, nada foi constatado.

    A ação abrangeu o entorno das escolas municipais Teo Vaz Obino, Nossa Senhora das Graças e Julinha Taborda, da Colégio Estadual Professor Waldemar Amorety Machado, bem como do Lar da Criança Santo Estêvão. A operação iniciou às 7h, em Porto Alegre e região metropolitana, assim como nos municípios de Rio Grande, Caxias do Sul, Pelotas, Erechim, Bagé, Santa Maria e Uruguaiana. 

    www.jornalfolhadosul.com.br