Marcado júri popular de acusada de ter matado a filha

    56f151b6.jpg

    Após um ano e dois meses da tragédia que vitimou a pequena Mirella Silva Rodrigues, 5 anos, foi divulgada a data para o julgamento da acusada do crime, a mãe Michele Silva Rodrigues, 33 anos. Ela irá a julgamento no Fórum da Comarca de Bagé, no dia 12 de abril, a partir das 9h30min, no salão do júri. As informações são do Jornal Folha do Sul. 

    De acordo com a assessoria do promotor, foram inquiridas quatro testemunhas de acusação. A reportagem entrou em contato com a Defensoria Pública, porém o defensor estava em audiência. A Defensoria não soube informar quantas testemunhas de defesa teriam sido inquiridas.
    O processo está correndo na 1ª Vara Criminal da comarca de Bagé.

    Relembre
    O crime ocorreu no dia 3 de fevereiro de 2015, por volta das 2h, na avenida Visconde de Ribeiro Magalhães, na chamada Agrovila, em Bagé. A denunciada, Michele, teria matado a filha, Mirella, mediante asfixia.

    Ela foi pronunciada por crime de homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, visto que, sendo filha do relacionamento anterior da acusada, a vítima representava “um estorvo” para a nova unidade familiar estabelecida entre ela e o atual companheiro.

    Fonte: Jornal Folha do Sul
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br