Preço dos remédios subirá em até 12,5% a partir de abril

    56ec5dd4.jpg

    Quem procurar medicamentos nas farmácias a partir do dia 1º de abril, se deparará com os produtos mais caros. Os remédios terão um aumento no preço de 10% a 12,5%. A alteração do valor ocorre em decorrência do reajuste anual, programado para a data, mediante Lei Federal. As informações são do Jornal Folha do Sul.

    Conforme o gerente de uma rede de farmácias, Cláudio dos Santos, nos anos anteriores, o aumento girava em torno de 7% e 8%. Porém, a crise econômica que assola o país fez com que o valor do reajuste fosse maior para 2016. “Muitas pessoas se programam no mês com um dinheiro certo para um remédio. Aconselho que a população adiante a compra de medicamentos até o dia 31. Procurei a imprensa para que ninguém seja pego de surpresa”, comenta.

    Farmácia Popular

    O gerente salienta, também, a alteração do preço dos remédios da Farmácia Popular, em vigor desde o dia 12 de fevereiro, pela portaria 111/2016, do Ministério da Saúde. Acontece que os repasses de subsídios, em muitos casos, diminuíram de 90% para 60%. Para exemplificar, 20 miligramas de Somastotatina custavam R$ 1,50. Após a publicação da portaria, o preço do produto subiu para R$ 8,48.

    Fonte: Jornal Folha do Sul
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br