Servidores do Judiciário decidem nesta sexta sobre greve

    56e2d5ab.jpg

    O Sindicato dos Servidores do Judiciário gaúcho realizam na tarde desta sexta-feira assembleia geral para votar o indicativo de greve da categoria. Os servidores reivindicam reajuste salarial de 8,13%, referente ao período de julho de 2014 a julho de 2015. A assembleia está programada para às 13h30min, e o resultado deve ser divulgado no final da tarde. As duas últimas reuniões dos servidores para debater a questão acabaram canceladas por falta de quórum.

    Durante todo o último semestre, o Piratini articulou com a sua base para evitar que o reajuste de 8,13% fosse aprovado e seguisse para votação em Plenário. O argumento é de que a aprovação acarretaria gastos não compatíveis com a situação financeira do Estado.

    Os servidores da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas do Estado também aguardam o andamento de suas propostas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Já o projeto de reajuste dos servidores do Ministério Público, em um lapso de articulação da base aliada, chegou a ser aprovado na comissão, mas aguarda decisão da Mesa Diretora da Assembleia para ser levado à votação.

    Fonte: Correio do Povo
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br