Produtores reúnem-se para recuperar estrada rural

    10/março/2016 às 00h00min
     Atualizado quinta-feira, dia 10 de março de 2016 às 00h00min
    56e1d126.jpg

    Cerca de 15 produtores rurais mobilizaram-se, ontem, em três frentes de trabalho para recuperação de estradas do interior de Bagé e Dom Pedrito. O grupo pretende atuar em cerca de 30 quilômetros que vão do corredor da Chicaca, em Dom Pedrito, até a Coxilha do Aedo, em Bagé. Serão recuperados 20 quilômetros em Bagé e 10 em Dom Pedrito. O objetivo é de conclusão dos trabalhos até amanhã, pois na próxima semana muitos produtores já começam a escoar a produção de grãos de verão e precisam utilizar essas vias para o transporte da produção. As informações são do Folha do Sul

    Conforme um dos organizadores do mutirão, o produtor Anderson Moro, a iniciativa começou após verificar as péssimas condições de trafegabilidade na Chicaca e, com a proximidade da colheita, decidiu-se reunir forças para que houvesse melhorias no corredor. “Os produtores já procuraram os órgãos responsáveis nos dois municípios, mas não tiveram resposta. Estou com meu arroz para colher e não podemos perder tempo, pois já enfrentamos adversidades climáticas, então não podemos demorar horas e mais horas para levar o grão até o engenho e sofrer perdas por causa das estradas”, salienta Moro.

    O produtor comenta que o grupo e outros produtores ajudaram com tratores, caçamba, óleo e até alimentação para que o trabalho fosse realizado. “Todos estão empenhados em fazer essa ação. Dois produtores decidirão não colher hoje (ontem), em suas lavouras, para que os funcionários estivessem aqui trabalhando. Então, o que queremos é que essa mobilização sirva de incentivo para o setor, bem como aos governos, para que resolvam esse problema de manutenção das estradas rurais, pois pagamos os impostos e grande parte da economia das cidades passa por esses locais”, afirma Anderson Moro. O produtor  complementa que o grupo está muito unido. “A união faz a força e juntos nos tornamos mais fortes para sermos ouvidos. É uma iniciativa que busca não só mostrar as condições dessas estradas e o descaso com elas, mas também melhorá-las para o escoamento da safra”, declara Moro.

    Dom Pedrito

    Em contato com o jornal FOLHA do SUL, o prefeito de Dom Pedrito, Lídio Bastos, afirma que a ação dos produtores é positiva. “Quero agradecer aos produtores por essa iniciativa. Em Dom Pedrito, estamos com um cronograma de manutenção das estradas rurais e posso afirmar que 90% dessas vias estão em condições de trafegabilidade. 

    Na Chicaca, já tínhamos trabalhado com a recuperação do corredor em duas vezes, porém um produtor mais desavisado utilizou uma carreta puxando um trator, danificando o que tínhamos feito. Não poderíamos deixar o nosso cronograma para ir e recuperar mais uma vez essa estrada”, explica Bastos. O prefeito informa que irá apoiar a ação dos produtores mandando de 10 a 12 cargas de cascalho. “O importante é termos uma parceria para mantermos essas estradas em condições”, frisa o prefeito de Dom Pedrito.

    Bagé

    Parceria também é o que indica o secretário de Desenvolvimento Rural de Bagé, Eduardo Mendes. Ele comenta que as equipes estão atuando na estrada do Passo do Silveira indo até a Coxilha do Aedo, bem como na estrada da Serrilhada. 

    “Sabemos do mutirão e iremos até o ponto do corredor da Caneleira. Eles entraram em contato conosco para informar que fariam esse trabalho e se querem nos ajudar, isso é ótimo. Iremos dar apoio a esse serviço”, disse o secretário. Mendes afirma que a parceria com os produtores é positiva e que o resultado poderá ser idêntico ao acordo firmado junto à Fibria, que possibilitou, segundo ele, que a estrada de Joca Tavares ficasse em ótima condição de trânsito. “Além de concluirmos esse trabalho na estrada que vai até a Coxilha do Aedo, queremos iniciar nos próximos dias ações na Igrejinha e no Passo do Pinto”, diz.

    Fonte: Folha do Sul
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br