Seleção brasileira paraolímpica de futebol sete chega a Bagé

    9/março/2016 às 00h00min
     Atualizado quarta-feira, dia 9 de março de 2016 às 00h00min
    56e067de.jpg

    A batalha pelo ouro, para a seleção brasileira paraolímpica de futebol sete, começou, ontem, às 17h22min, no pórtico da Santa Tecla. A delegação, composta por 28 integrantes – entre eles 18 jogadores -, foi recebida na Rainha da Fronteira com uma carreata. O ônibus foi conduzido até a Praça Silveira Martins, onde foi realizada uma festa para os atletas. O grupo permanecerá na cidade até o dia 29 de março. As informações são do Folha do Sul

    Conforme o técnico da seleção, Paulo Cabral, o maior objetivo da utilização das estruturas da cidade é contribuir com o trabalho social. “É com grande satisfação que estamos aqui. Esperamos retribuir, de uma maneira ou de outra, todo esse carinho que nos foi dado. Conto com o apoio do povo durante nossos treinamentos”, explana.

    Para o prefeito Dudu Colombo, a vinda do time brasileiro proporcionará o fortalecimento das políticas públicas para deficientes. “Serão 21 dias que refletiremos sobre a superação e a inclusão através do esporte. Aqui em Bagé, foi dado o primeiro passo para a vitória da nossa seleção”, enfatiza.

    O chefe do Executivo adianta que trabalha na vinda de uma equipe de técnicos paraolímpicos para a qualificação de professores de educação física e de profissionais da saúde. “Bagé está de parabéns. É um orgulho entrarmos no circuito nacional de um dos eventos mais importantes do planeta”, pondera.

    Locais de treinamentos e datas

    25º GAC – Hoje (9h)
    3º R C Mec –  12 (9h), 16 (9h), 17 (16h), 22 (9h), 23 ( 9h e 16h), 25 (9h e 16h) e 26 (9h)
    3º Blog – Amanhã (9h)
    Caminho da Luz – 14 (9h) e 21 (10h)
    Academia Stadium  – Hoje, amanhã, 15, 18, 22 e 24 (16h); 28 (9h)
    Pedra Moura – 11 (16h), 16 (19h) e 19 (9h)
    Antônio Magalhães Rossel – 11, 15, 17, 18 e 24 (9h); 27 (16h)

    Regras

    Dois tempos de 30 minutos
    Tamanho do campo: 75 m x 50 m
    A baliza tem 5 m x 2 m
    A marca de pênalti fica situada a 9,20 m
    Não há impedimento
    A cobrança do lateral pode ser feita com uma das mãos, desde que a bola toque o solo antes do contato com qualquer atleta.

    Quem pode jogar

    Os jogadores são divididos em quatro classes, conforme a sequela no cérebro: C5,C6,C7 e C8. As duas primeiras citadas obtêm o maior grau de comprometimento. Cada time deve ter sempre um atleta que seja C5 ou C6 em campo. Apenas um C8 pode estar em campo.

    Fonte: Folha do Sul
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br