Exclusivo: túmulo de homem assassinado no último domingo é violado e caixão é retirado da sepultura

    5/março/2016 às 00h00min
     Atualizado sábado, dia 5 de março de 2016 às 00h00min
    56db8b71.jpg

    Às 21h15 deste sábado (05), a Brigada Militar de Dom Pedrito recebeu uma denúncia da irmã de Bruna Duarte Vargas, 21 anos, informando que a mesma estaria completamente transtornada no interior do Cemitério Municipal, tentando violar o caixão de Adalberto Borges Chagas, assassinado no último domingo, dia 28. Chagas era seu namorado.

    De acordo com boletim de ocorrência, em diligência no cemitério, os policiais constataram que Bruna havia retirado o caixão de dentro do túmulo; mas não conseguiu abri-lo. Os PMs realizaram buscas, mas não localizaram Bruna.

    Ainda segundo ocorrência, Bruna disse ao vigilante do cemitério que havia ido ao local para ver seu marido e que ela iria retornar. O fato foi registrado na delegacia de polícia como ‘vilipêndio de cadáver’.

    Vale ressaltar que os dois portões que dão acesso ao interior do cemitério não possuem cadeado. Os vândalos, que utilizam o local para usar drogas, na maioria das vezes acabam quebrando e arrombando as fechaduras. 

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br