BOE de Santa Maria deixa de atender devido ao envio de PMs para Capital

    1/março/2016 às 00h00min
     Atualizado terça-feira, dia 1 de março de 2016 às 00h00min
    56d5e497.jpg

    Mais 34 policiais militares do 2º Batalhão de Operações Especiais (2º BOE) de Santa Maria embarcaram rumo à Capital nesta segunda-feira (29). Por conta disso, não houve policiamento ostensivo (na rua) por parte do BOE nesta madrugada.

    Eles reforçarão a Operação Avante, que combate o tráfico de drogas nos bairros Vila Jardim, Bom Jesus, Rubem Berta e Santa Tereza em Porto Alegre.

    A primeira leva de policiais do 2º BOE, com 24, foi encaminhada no dia 21. Outros oito na sexta-feira (26). Com os 34 desta segunda, já soma um total de 66. Além deles, foram oito viaturas. Dessa vez, eles foram de ônibus.

    Para não deixar tão desfalcado o efetivo em Santa Maria e região, o 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon) liberou horas extras para o 2º BOE. Além disso, 50 policiais que estavam na Operação Golfinho voltam para Santa Maria nesta segunda-feira. Com isso, o 2º BOE continuará com cerca de 80 policiais disponíveis para o policiamento.

    Em entrevista à Rádio Gaúcha na semana passada, o comandante Worney Mendonça explicou que a ida dos policiais à Capital não deve ser motivo de preocupação para os moradores dos 29 municípios da Região Central, pois o BOE é uma tropa reserva do comando e as ações policiais são planejadas tendo em vista tanto a presença do batalhão quanto a ausência dele.

    “O nosso planejamento na cidade de Santa Maria e região é realizado já prevendo situações de possíveis deslocamentos de batalhões aqui do município”, disse.

    Há três Batalhões de Operações Especiais no Estado. Por uma questão estratégica, eles ficam em Santa Maria, Passo Fundo e Porto Alegre.

    Fonte: Gaúcha
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br