Eleitores acampam em filas para recadastramento biométrico em Lavras do Sul

    24/fevereiro/2016 às 00h00min
     Atualizado quarta-feira, dia 24 de fevereiro de 2016 às 00h00min
    56ce1f20.jpg

    Eleitores têm acampado e feito filas durante a madrugada para fazer o recadastramento biométrico em Lavras do Sul, na Região Central. O prazo se encerra em 9 de março, mas os atendimentos no município estão na última semana. As informações são da Rádio Gaúcha. 

    Moradores relatam que eleitores fazem fila desde as 22h, sendo que os atendimentos começam às 9h. Eles usam barracas e cadeiras para passar a madrugada, e afirmam que o atendimento à população foi disponibilizado há pouco. No entanto, não há cartório eleitoral em Lavras do Sul, que tem os atendimentos feitos em Caçapava do Sul, a cerca de 60km.

    De acordo com o chefe do Cartório Eleitoral de Caçapava do Sul, Fábio Guedes Macedo, o cartório disponibilizou atendimentos em Lavras do Sul devido à baixa procura dos eleitores. O recadastramento pode ser feito desde agosto, mas, de acordo com Macedo, entre agosto e janeiro, apenas 20% dos cerca de 6,2 mil eleitores passaram pelo procedimento. Desde o dia 1º de fevereiro, quando começaram a ser oferecidos atendimentos em Lavras, foram quase 30%. Macedo afirma que as filas se formam porque os moradores acabam deixando o processo para “a última hora”. A extensão do cartório no município, que conta com 11 profissionais, atende cerca de 130 eleitores por dia.

    Os atendimentos em Lavras do Sul acontecem no Plenarinho, que fica junto ao prédio da prefeitura, na rua Coronel Mesa, apenas até esta sexta-feira (26). Depois disso, são feitos apenas em Caçapava do Sul, até 9 de março. Em Lavras, o horário de atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 15h.

    Fonte: Gaúcha
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br