Campanha busca doações para gêmeos que ficaram órfãos de mãe

    56cb7034.jpg

    Novamente a comunidade de Bagé vem demonstrando solidariedade. Desta vez, a mobilização busca arrecadar donativos para os gêmeos Pedro Henrique e Maria Clara, que completaram dois meses no sábado. As informações são do Jornal Folha do Sul.

    Eles ficaram órfãos da mãe, Lia Mara da Silva Pinto, que devido a complicações apresentadas dias após o parto, morreu na sexta-feira passada. Pontos de arrecadação de fraldas e leite em pó (Nan Confort 1, recomendado para crianças com até seis meses) foram montados nos supermercados da rede Peruzzo, onde o pai dos bebês trabalha. Contudo, outras doações como roupas e demais itens são bem-vindas.

    O gerente do supermercado Peruzzo da avenida Espanha, Adriano Teixeira, onde O PAI trabalha, fala sobre a iniciativa. “Entendemos o quanto será difícil para o funcionário cuidar de duas crianças. Por isso, alguns colaboradores decidiram se reunir para ajudar, e divulgaram a campanha pelas redes sociais, o que já está dando resultado, pois estamos recebendo muitas doações”, comenta.

    Adaildo Fontoura Franco, 32 anos, repositor de supermercado pai dos gêmeos, está bastante abalado com a perda da esposa. Ele falou à reportagem sobre a missão de criar os bebês. “Foi uma queda. Será um grande desafio, mas graças  a Deus tenho minha mãe, minhas irmãs e muitos amigos, que é o mais importante nesta hora”, afirma. Franco, até sábado, ainda não havia pego a certidão de óbito da esposa, a qual aponta a causa da morte. “Ainda nem sei bem o que causou a morte, mas é muito triste, pois ela tinha apenas 33 anos, e muita vida pela frente”, destaca.

    As doações podem ser entregues nos supermercados da rede Peruzzo, ou na residência da família, localizada na rua Álvaro Ayres Machado, 30, Bairro São Jorge. Contato: (53) 9709.5970, ou (53) 9928.1822.

    Fonte: Jornal Folha do Sul
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br