Bagé sediará gravação de filme sobre povo cigano

    56c205e9.jpg

    Entre o final de abril e início de maio, Bagé será um dos dois cenários– o outro é o Rio de Janeiro – do longa-metragem “Fênix”. O filme será produzido por Édison Côrtes Lopes e dirigido por Gilberto Luís da Silva. O roteiro ficará a cargo de Silva e de Miguel Barbosa. O material abordará as lendas e crenças do povo cigano.

    De acordo com Lopes, a história girará em torno de uma bailarina espanhola – interpretada por Rúbia Brendler –, que se destaca nos palcos. Contudo, devido a um acidente, ela fica paraplégica. Para se recuperar, a personagem necessitará de um tratamento físico e mental. “Eu sou bailarino e sempre gostei da dança cigana. Portanto, tenho as ideias e passo para os roteiristas, que encaixam da forma correta”, ressalta.

    Segundo o produtor, o roteiro está em fase de finalização. O local, em Bagé, para a gravação das cenas, ainda será definido. Haverá seleções em todas as regiões do Estado para definir os atores dos outros seis personagens. As datas devem ser marcadas, mas a expectativa é de que o grupo de intérpretes seja decidido até o final de março. A duração do filme só será conhecida no final das gravações.

    A justificativa de Lopes, natural de Passo Fundo, pela escolha de Bagé, é em função do cenário cultural local. “Visitei a cidade a convite de uma amiga e acabei me encantando. É raro ver um município tão envolvido culturalmente como esse”, enfatiza.


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009