Dentista paulista é preso pela Brigada Militar por furto qualificado

    8/fevereiro/2016 às 00h00min
     Atualizado segunda-feira, dia 8 de fevereiro de 2016 às 00h00min
    56b8be53.jpg

    O dentista paulista Renan Judai, 25 anos de idade, foi preso pela Brigada Militar de Dom Pedrito, indiciado por furto qualificado, mediante uso de chave falsa.

    Conforme boletim de ocorrência, às 9h30 de hoje (08), uma guarnição da BM foi acionada a comparecer em um prédio localizado na avenida Barão do Upacaraí, onde os moradores de um dos apartamentos, haviam detido Renan no local, pois teriam a suspeita de que ele tivesse furtado dinheiro, cheques e um cartão de crédito das vítimas.

    Os PMs localizaram no quarto do indivíduo, um cheque no valor de R$ 50,00 pertencente a uma das vítimas. Renan confessou aos policiais que teria sido o autor do furto. As vítimas também encontraram no computador do indiciado, pesquisas feitas por ele, onde o mesmo pesquisava como falsificar assinaturas e arrombar portas.

    O indiciado e as vítimas são médicos dentistas. Renan residia em Dom Pedrito há poucos dias, pois ainda estava em fase de experiência na mesma empresa das vítimas. O apartamento que eles estavam possui quartos independentes. Para cometer o furto, Renan utilizou uma chave falsa, tendo danificado a porta.

    Ele foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, autuado em flagrante por furto qualificado.

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br