Preços de alimentos têm a maior alta em 14 anos, diz IBGE

    56b49456.jpg

    Os preços de alimentos e bebidas saltaram 2,28% em janeiro, registrando a maior alta desde dezembro de 2002 (3,91%), segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

    Levando em consideração apenas os meses de janeiro, o resultado é o maior da série histórica, iniciada em 1995. A inflação do setor foi pressionada, principalmente, pelos alimentos in natura.

    No mês passado, os produtos comprados para consumo em casa subiram 2,89%, enquanto a alimentação fora de casa avançou 1,12%. Os aumentos mais expressivos foram observados nos preços de cenoura (32,64%), tomate (27,27%), cebola (22,05%) e batata-inglesa (14,78%).

    O grupo alimentação e bebidas contribuiu com 0,57 ponto percentual da alta de 1,27% do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em janeiro, maior resultado mensal desde março do ano passado.

    Reprodução: economia.terra.com.br