Mecânico explica situação de pneus na laje de sua oficina

    28/janeiro/2016 às 00h00min
     Atualizado quinta-feira, dia 28 de janeiro de 2016 às 00h00min
    56aa5925.jpg

    Uma publicação feita em uma rede social mostrava uma oficina mecânica – muito conhecida na cidade –, com alguns pneus em sua laje. O autor da publicação disse que se tratava de uma “fábrica de mosquitos da dengue”. De posse das informações, fomos até a oficina mostrada na fotografia e conversamos com o proprietário do local, Jesus Severo da Fontoura.

    Muito receptivo com nossa reportagem, Jesus mostrou os pneus em cima da laje e também nos deu acesso a um documento que comprova que a Vigilância Sanitária do município realiza visitas periódicas para fiscalizar a oficina que, além de ser seu local de trabalho, é sua moradia.

    “Os pneus nunca são os mesmos, pois eles são descartados e levados para o depósito da prefeitura”, disse o mecânico, acrescentando que utiliza água sanitária para evitar a criação de larvas dos mosquitos.

    Jesus ainda questiona: “por questão de respeito aos meus clientes, como vou mandar cada um deles levar os pneus velhos para casa? Eu espero juntar um número específico de pneus e pago o transporte para leva-los para o depósito”.

    Nossas imagens mostram as datas das visitas da vigilância sanitária na oficina.

    Reportagem: Elliézer Garcez
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br