Dom Pedrito registra primeiro caso de suspeita de zika vírus

    56a2467f.jpg

    O setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde recebeu notificação de um caso suspeito de Zikavírus. A pessoa, uma mulher de 33 anos, que é esposa de um militar do Exército, apresentou os sintomas iniciais durante viajem de retorno da cidade de Cabo Frio – Rio de Janeiro.

    A vigilância do município realizou o protocolo de investigação, repassando as informações à Regional de Saúde e ao setor de Antropozoonoses do Centro
    Estadual de Vigilância em Saúde. Também foi coletado material para exames laboratoriais específicos. A equipe também verificou que na residência e seu entorno não existem condições propícias à proliferação de mosquitos.

    “Salientamos que a equipe da Funasa prossegue com os trabalhos de Vigilância Ambiental no que se refere à identificação de possíveis focos do mosquito transmissor de Zika, Dengue e Chicungunya. Até o presente momento, a presença do mesmo não foi constatada no município”, informou a Secretaria de Saúde do município.

    A pasta ainda frisou que é importante não descuidar da prevenção, portanto é necessário continuar evitando deixar abandonados a céu aberto pneus, latas, vidros, cacos de garrafa, pratos de vasos e xaxins, vasos de cemitério, piscinas, caixas d'água, tonéis, latões e cisternas destampadas ou mal tampadas.

    “Aproveitamos para informar que o mosquito transmissor da dengue pertence a uma espécie doméstica e associada ao homem, por isto abriga-se e coloca seus ovos nas proximidades ou interior do domicílio. A picada do mesmo ocorre com maior frequência durante o dia. Também é importante que a população permita o acesso dos agentes de campo às suas residências a fim de realizarem a identificação de possíveis focos”, complementou o secretário Álvaro Raul de Souza Zanolete, em nota emitida à imprensa.

    O secretário ainda explicou que os exames foram encaminhados para um laboratório de Porto Alegre e ficarão prontos nos próximos dias.

    Primeira suspeita do vírus em Dom Pedrito e 13ª suspeita no Estado

    Neste ano, esse já é o 13º caso de suspeita de Zika vírus no Estado do Rio Grande do Sul e o primeiro caso da suspeita do vírus em Dom Pedrito.

    Sintomas

    Febre, coceira, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo e nas juntas e manchas vermelhas pelo corpo. Para maiores esclarecimentos, um médico deverá ser consultado.

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br