Dom Pedrito – Pedritense participa de curso que visa a especialização dos profissionais de polícia

    567ad0d1.jpg

    Após três semanas de intensas instruções no Centro de Treinamento de Técnicas e Táticas Especiais (CTTE) do Rio Grande do Sul sobre as mais atuais técnicas de combate, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) formou o primeiro grupo de Operações Especiais em Escolta.

    O curso foi ministrado por instrutores integrantes dos Grupos de Operações Especiais da Polícia Federal (GPI), da Polícia Rodoviária Federal (NOE), da Polícia Civil e também instrutores da própria Susepe.

    Dos integrantes desta turma, apenas oito estarão no grupo que terá base própria na capital gaúcha e será responsável por todos os movimentos de alto risco dentro da esfera penal gaúcha. A região da campanha foi representada pelo pedritense Tiago Batista Duarte, agente da Susepe que atua no Presídio Estadual de Dom Pedrito.

    O CTTE é um centro de treinamento voltado para especialização do profissional de polícia que, preocupados com o grande número de policiais mortos em serviço nos últimos anos; bem como acidentes que resultaram em morte ou até mesmo na incapacitação parcial ou total para a função policial de seus integrantes, através de estudos constataram que na sua grande maioria, estas baixas foram resultado do despreparo, da falta de treinamento adequado e da falta de habilidade no manuseio com a arma de fogo.

    Vale lembrar ainda que as técnicas policiais estão em constante mudança, uma vez que a criminalidade tem características mutantes e o profissional de polícia precisa estar sempre atualizado para poder combater nesta luta desigual. 

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br