Dom Pedrito – Boeing 727 é recebido por centenas de pedritenses no Morro da Serrinha

    56313431.jpg

    O boeing 727-200 chegou a Dom Pedrito às 14h30 desta quarta-feira (28). Comprado pelo empresário Delmar Bastos Menna (Marzinho), o avião foi recebido em clima de festa na cidade. Cerca de 150 pessoas estavam presentes para conferir a chegada do boeing, que foi transportado por um caminhão até o Morro da Serrinha. A viagem teve duração de um dia e meio, pois a velocidade que o veículo atingia era, de no máximo, 30 km/h.

    Elisandro Camargo, caminhoneiro há 15 anos, natural de Sapucaia do Sul, declarou à nossa reportagem que foi um dos transportes mais inusitados que já fez. “Já transportamos cargas bem grandes, mas um avião é a primeira vez. O curioso é que eram centenas de pessoas parando e tirando fotos durante todo o percurso”, relembrou Camargo.

    Todo o trajeto foi acompanhado por dois veículos que estavam realizando a escolta. “O trabalho deles foi imprescindível para que ocorresse tudo bem na viagem. O mérito é de todos que fizeram desta, uma viagem muito segura”, explicou o caminhoneiro; agradecendo a confiança que a empresa depositou nele pois, em meio a tantos motoristas, o escolheram para realizar esta viagem.

    Wallace Pinheiro de Mello, um dos membros da escolta que acompanhou o avião, explicou que a escolta é feita da seguinte forma: a escolta traseira não pode deixar espaço para entrar um veículo entre ela e o caminhão, e a escolta que vai a frente mantém uma boa distância do motorista do caminhão e sinaliza para que os carros que estejam vindo no sentido contrário diminuam a velocidade. Wallace definiu a escolta como uma das mais diferentes que já fez. “Era surpreendente, as pessoas paravam para olhar e tirar fotos quando passávamos. Filmavam, gravavam e entrevistavam”, contou.

    O boeing já está no Morro da Serrinha e, ao final da tarde, será descarregado com o auxílio de dois guinchos. A informação é a de que, a partir de agora, ocorra uma restauração do avião e de suas peças para depois acontecer a montagem. O processo levará alguns meses até que ele seja colocado no ponto mais alto da Serrinha, sendo um grande atrativo para todos os pedritenses. 

    Reportagem: Elliézer Garcez
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009