Dom Pedrito – Câmara realiza Audiência Pública com Corsan

    5606a31f.jpg

    Com a presença do Diretor Administrativo Marcos Vinicius Almeida, do Superintendente Adjunto Ângelo Pillar e funcionários do escritório local da Corsan, de representantes do Executivo, da AUSM, Sindicato Rural, Associação dos Agricultores e presidentes de bairros a Câmara Municipal realizou na quinta-feira (24) a Audiência Pública com a finalidade de debater o contrato, renovado em 2012, entre o Município e a Companhia Riograndense de Saneamento.

    Vários questionamentos, recorrentes entre a população, foram colocados pelos vereadores como, por exemplo, a necessidade de uma efetiva fiscalização da atividade das terceirizadas, encarregadas de recompor o calçamento em pontos da cidade. Outras questões, relativas a substituições de redes, na ordem de 10% a cada ano, como reza o contrato, abastecimento em São Sebastião e canalização da Sanga das Piúgas também foram abordadas. Com relação à Sanga, Marcos Vinicius Almeida adiantou que a Licitação será em breve efetivada e, se tudo correr bem, no final do 1º trimestre de 2016 o saneamento estará sendo executado.

    A obra, com custo aproximado de seis milhões de reais, terá a forma de esgoto misto. Ao longo da Sanga será construída uma galeria, chamada Interceptor, onde todo o esgoto cloacal, ligado ao pluvial, chegará a uma estação elevatória onde será bombeado para uma estação de tratamento. Outra obra projetada, já para este verão, será o abastecimento de água na praia do Passo Real. Foi cobrado, também, pelo presidente da AUSM, Eldo Costa, uma definição da Corsan com relação à utilização da Barragem do Taquarembó como fonte de abastecimento urbano, o que será brevemente respondido, por escrito, pela Companhia. As demais demandas serão gradativamente atendidas, segundo os executivos, como um direito liquido e certo da comunidade pedritense.

     

    Fonte: Câmara de Vereadores

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br