Dom Pedrito – Homem é acusado de estuprar a própria irmã

    15/agosto/2015 às 00h00min
     Atualizado sábado, dia 15 de agosto de 2015 às 00h00min
    55cf8748.jpg

    Por volta das 10h30 deste sábado (15), a Brigada Militar atendeu uma ocorrência no Bairro Santa Maria, onde uma mulher de 25 anos de idade informou ter sido espancada e abusada sexualmente pelo próprio irmão, de 29 anos. A vítima contou aos policiais que esta não foi a primeira vez que o autor cometeu o abuso.

    O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado juntamente com a irmã ao Pronto Socorro, onde realizaram exames de corpo de delito. Por não existir um perito que emitisse um laudo técnico, não foi possível que o exame de conjunção carnal fosse realizado, o que comprovaria o crime. Ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia para que um boletim de ocorrência pelo crime de estupro fosse registrado.

    A vítima contou à nossa reportagem que seu irmão chegou na casa dos pais por volta das 23 horas da noite de ontem, sexta (14), e que todos estavam na residência conversando e bebendo bastante. Ainda segundo ela, logo após os pais dormirem, o irmão teria começado a usar drogas e a agir com violência, momento em que passou a agredi-la, lhe dando puxões nos cabelos, e desferindo socos no rosto, culminando no abuso sexual. De acordo com a vítima, os pais não presenciaram as agressões e os abusos.

    Na Delegacia de Polícia existem diversas ocorrências registradas contra o irmão, desde o ano de 2011. A vítima será encaminhada na segunda-feira (17) para exames mais específicos. Vale ressaltar, também, que ela possui problemas mentais, comprovados através de medicamentos controlados que a mesma utiliza, e que isso, segundo a Polícia, pode configurar o crime de estupro de vulnerável. O delegado Cristiano Ribeiro Ritta determinou que o acusado fosse liberado e que a partir de agora será instaurado um inquérito policial para apurar o fato. 

    Reportagem: Elliézer Garcez e Marcelo Brum
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br