Nesta edição você conhecerá o primeiro grupo de meninas que estarão participando do Sarau de Prendas do CTG Rodeio da Fronteira. E ainda: Notas sociais e dicas

    25/junho/2015 às 00h00min
     Atualizado quinta-feira, dia 25 de junho de 2015 às 00h00min
    558c6ff6.jpg

    #Sarau de Prendas: Marcado para o dia 01 de agosto, nas dependências do CTG Rodeio da Fronteira, o tradicional “Baile da Prenda Jovem – Sarau de Prendas”. Depois de nove anos, a patronagem liderada por Jairo Madruga retorna com este evento que enaltece a cultura gaúcha. Dezenove lindas meninas estarão participando e sendo apresentadas a sociedade tradicionalista pedritense. Conheça um pouco de cada debutante, divididas em dois grupos. Nesta edição apresento nove jovens e belas debutantes:
    1 – Leticia Machado Camponogara, filha de Maria do Horto e Rubens Luis Camponogara;
    2 – Rafaela Gonçalves Vieira, filha do casal Rosele e Antonio Carlos Vieira;
    3 – Ana Laura da Fontoura Porto, filha de Ana Claudia Fontoura e José Eduardo Porto;
    4 – Ana Julia Severo de Vargas, filha do casal Miriam de Fátima e Macilon de Vargas;
    5 – Lara Porto Macedo, filha Taiza e José Amilton Macedo;
    6 – Gabriella Teixeira de Oliveira, filha de Carmem Lucia e Junior Oliveira;
    7 – Carolina Aguiar Alves Teixeira, filha do casal Rosana e Giovani Teixeira;
    8 – Aline de Souza Freire, filha de Ivone de Souza e Milton Freire;
    9 – Andrieli Tarouco dos Santos, filha de Claudia Regina Tarouco e Ubiratan dos Santos.

    Dentre os profissionais que estarão na produção deste evento: Walter Juarez Mattos (Filmagem), Bruna Santos e Gabriel Castilhos (Produção Cerimonial); As fotos das debutantes que ilustram esta edição são do repórter Elliezer Garcez, do Portal Qwerty.

    #Enologia e Mulheres – Que Dom Pedrito é conhecida como uma das mais prosperas áreas para a Vitivinicultura, isso todo mundo sabe. Mas com certeza o que chama bastante a atenção gaúcha e naciona,lé o empreendedorismo e sucesso feminino de nossa região. Exemplo disso é a FamíliaPötter, através da Enóloga Gabriela Pötter e de Isadora Pötter. Mulheres de sucesso, belas,empreendedoras, estudiosas e conhecedoras da cultura do vinho. Gabriela Pötter é uma das profissionais gabaritadas que estará palestrando na V Semana Acadêmica do Curso de Bacharelado em Enologia da Unipampa-Campus Dom Pedrito. Hoje, a Vinícola Guatambu é reconhecida internacionalmente pela qualidade de seus produtos (Uva e Vinho), conquistando importantes premiações em eventos da área, como também por colocar Dom Pedrito na rota do Enoturismo gaúcho.

    #Destaques Infantis – Dia 05 de Julho no Country, a edição 2015 da festa que reune os “pimpolhos” da cidade. Muitos nomes já circulam na listagem oficial, entre eles: Elisabeth Osório, Erika Menuzzi, Vitoria Firpo, Maria Isabel Costa, Otavio e Isadora Prade; Mariana Fiussen, LaviniaHuff, Livia Fontoura, Nicole May, Arthur Borba Veiga; Marina Prade, entre muitos outros. Nas próximas edições confira mais sobre a festa.

    #Debut Country Clube – As belas Luize Soncini e Elisa Piemolini na lista VIP das belas debutantes do Dom Pedrito Country Clube. O grande baile de gala acontecerá dia 11 de outubro, no Country.

    #Route21 – Muito comentada a novíssima Casa Noturna de Dom Pedrito. Na programação desta semana: Festa de Encerramento da Semana Acadêmica do Curso de Enologia. A festa será embalada pela banda Inthuysamba. Route 21 Club fica na Rua 21 de Abril, 2646. Ingressos com os promoters ou com o diretório acadêmico da Enologia. Imperdível Quando? Sexta, 26. Route 21 Club.

    #Prado Pub – SUCESSO no ano passado, o ARRAIAL DO PRADO volta para sua segunda edição ainda melhor No palco, o melhor do sertanejo universitário com Jean Saliba e na pista as traks da hora remixadas pelo DJ Bageense Felipe Ratto Pode ir à caráter e deixar a festa ainda mais animada. Tendas, pipoca, carapinha, pé de moleque e muito quentão.Diversão garantida na casa noturna que é referência na metade sul do estado.Listas até 00:30.Censura 16 anos.
    Quando? Sábado, 27. Prado Disco Music

    #Escritora pedritense – A pedritense Aline Deiques Viera estará na 11ª Feira do Livro de Dom Pedrito, lançando sua obra: “O Clarim dos Marginalizados – Temas sobre literatura Marginal/Periférica”. Trata-se de um estudo desenvolvido na área de Letras, que combina discussão bibliográfica, realização de entrevistas e observações de campo, à luz de referências teóricas que contextualizam essa produção literária recente na historia da cultura popular brasileira e de inúmeras associações da arte ao adjetivo marginal (Erica Peçanha – antropóloga e pesquisadora da produção cultural periférica). 

    Aline é formada em Letras – Português pela Universidade Federal de Rio Grande (FURG), mestre pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em Teoria da Literatura e Literatura Comparada e atualmente faz doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura. A sessão de autógrafos acontecerá no dia 09 de Outubro, durante o dia dedicado a Arte Urbana, na Feira do Livro 2015.

    #Dica de etiqueta
    Por: Célia Leão e Fabio Arruda – ao Portal Terra.

    *Memória fraca 
    A pessoa o cumprimenta com um forte abraço dizendo o seu nome, e você não tem a mais remota ideia de quem seja. "A melhor saída é falar a verdade antes de começar a conversa. Desculpe-se e diga que não se lembra de seu nome", recomenda a consultora. Para o consultor, isso é falta de traquejo social. "Se a outra pessoa lembra seu nome provavelmente vocês já foram apresentados e, por que você esqueceu o dela? A desculpa de memória péssima para nomes é uma desculpa desgastada, assim como se referir à pessoa como querida ou querido";

    *Crianças no restaurante (serve para alguns eventos sociais)
    A mistura criança e restaurante combina com luz do dia. "Evite horários noturnos e também os restaurantes muito formais", sugere a consultora Célia Leão. Se levar, os pais conhecem bem os filhos que tem e já sabem o que esperar. "Se é preciso levar um arsenal de brinquedos para entreter a criança, pondere se é tão necessário o filho estar presente nessa ocasião", sugere o consultor. Basicamente, a criança deve ficar sentada à mesa pelo menos na hora de comer, além de mastigar de boca fechada. "O comportamento da criança no restaurante espelha muito bem a educação recebida em casa. Se a mãe sai atrás do filho pelo restaurante para dar a comida na boca, isso deve acontecer em casa", analisa a consultora. 

    Até a próxima Viva a vida