Dom Pedrito – Frente Parlamentar em Defesa das Estradas elege proposições sobre anel rodoviário

    558c541f.jpg

    Foi realizada na terça-feira (23), no plenário da Câmara de Vereadores, a segunda reunião do ano da Frente Parlamentar em Defesa da Recuperação e Manutenção das Estradas Municipais de Dom Pedrito, presidida pelo vereador Jorge Vogel (PP) e com os trabalhos secretariados pelo vereador Dionil Pereira. Presentes, representantes das Forças Vivas da comunidade, especialmente os segmentos ligados ao agronegócio, além de secretarias da administração municipal.

    Em pauta, esteve a continuação dos debates sobre o Anel Rodoviário na Zona Urbana e o Programa de Abertura, Reforma e Estruturação das Estradas Rurais (Pareer) do município de Dom Pedrito, assuntos que já tinham começado a ser discutidos na reunião anterior, realizada no dia 21 de maio deste ano. O Pareer, apresentado sob a forma de anteprojeto, assinado pelos vereadores Vogel e Douglas Peralta (PSDB), vem tendo seu texto original analisado, artigo por artigo, em um processo de construção, antes de ser encaminhado ao poder Executivo sob forma de Indicação.

    Já sobre o anel rodoviário, foram apresentadas várias proposições, quais sejam: a curto prazo – que seja feito um levantamento, pela Secretaria de Planejamento (Seplan), de qual dos dois roteiros de acesso à cidade (pela entroncamento das estradas do Ponche Verde e do Upacaraí ou pela entrada que vem do Passo Fundo/Fontouras) seria o mais viável para receber um investimento maciço da prefeitura, de imediato, no contexto de uma sugestão do vereador Renato Chiaradia, de que se não houvesse recursos para investir nos dois acessos à  cidade que pelo menos um fosse priorizado; e, ainda, que sejam destinados investimentos para a realização do Plano de Mobilidade Urbana que, por força legal, deve pelo menos começar a ser elaborado em 2015; a médio prazo –que o segundo acesso à cidade, que não receber investimentos neste ano, seja priorizado para 2016; e à longo prazo – que continue sendo buscado um Anel Rodoviário definitivo, ideal, inclusive asfaltado.

    "A ideia é, em um primeiro momento, já visando a próxima safra, eliminar uma rota de caminhões definida pelo Executivo municipal e, num segundo plano, eliminar a segunda rota de caminhões para 2017", sintetiza o vereador Vogel.

    Por: Silvio Bermann
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br