Dom Pedrito – Polícia Civil investiga mais um caso de abigeato

    22/maio/2015 às 00h00min
     Atualizado sexta-feira, dia 22 de maio de 2015 às 00h00min
    555fafe8.jpg

    A Polícia Civil de Dom Pedrito investiga a cerca de duas semanas mais uma caso de furto abigeato que teria sido praticado na Estância da Goiabeira, na localidade da Música, onde pelo menos 117 novilhos da Raça Hereford desapareceram.

    O caso teve início a quase um mês, quando no dia 27 de abril, a Patrulha Rural da Brigada Militar de Dom Pedrito, juntamente com policiais militares de Santana do Livramento, realizaram diligências na propriedade e nas suas adjacências, quando foram comunicados pelos proprietários do estabelecimento rural sobre a falta dos animais. Naquela oportunidade os policiais obtiveram a confissão do então capataz da fazenda. Ele informava que teria desviado parte dos animais que haviam sumido, algo que girava em torno de 15 bovinos. Dias depois, já com a investigação à cargo da Delegacia de Policia local, policiais civis e militares de Dom Pedrito, Bagé e Santana do Livramento, estiveram na localidade do Vacaiquá, onde vistoriaram uma propriedade rural pertencente a um suspeito de receptar parte do gado furtado. Os policiais decidiram efetuar uma reculuta e resenha de todos os animais da propriedade, à procura de bovinos provenientes de furto.

    “Ocorre que este suspeito mantinha seu gado misturado ao de outra pessoa, que seria sócia dele, o que nos levou a estender a verificação a todo o gado que existia nos campos dos dois produtores. Trabalhamos em duas oportunidades durante as duas últimas semanas no local, a procura de provas do envolvimento de outras pessoas”, revelou um dos policiais civis responsáveis pelas investigações.

    Ainda segundo a Polícia, as investigações já avançaram muito, mas os agentes da Delegacia de Polícia preferem não divulgar muitas informações para que a investigação não seja atrapalhada. “O certo é que este gado não foi desviado de uma só vez, nem em um período curto. Acreditamos que ao longo do tempo (no mínimo um ano) esse crime foi sendo cometido, em etapas, desviando da propriedade da Goiabeira terneiros orelhanos e não marcados, fato que facilita o desvio dos animais”, disse o policial. Os policiais finalizaram informando que nos próximos dias acontecerão outras diligências e novos depoimentos serão tomados.

     

    Fonte: Polícia Civil de Dom Pedrito

    Reportagem: Elliézer Garcez

    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br