Dom Pedrito – Exclusivo: Foragido da Justiça acusado de latrocínio é preso em Alegrete após furto de veículo

    5551fe27.jpg

    O foragido da Justiça Marcio da Fontoura Munhoz "Nóia", 21 anos de idade, foi preso na madrugada desta terça-feira (12), após furtar um carro no centro de Alegrete. Ele estava com mandado de prisão pelo crime de latrocínio ocorrido na madrugada de 16 de abril, quando matou a facadas Reinaldo Guterres de Vargas, 53 anos. Após o crime, ele fugiu para Alegrete, mas até então não havia sido localizado pela Polícia.

    No crime desta noite, em Alegrete, um senhor de 54 anos deixou o carro estacionado na rua Demétrio Ribeiro e teve o veículo furtado por Marcio. A vítima estava no trabalho quando foi informada que a Brigada Militar havia recuperado o carro na Cidade Alta. 

    O foragido foi apresentado na Delegacia de Polícia e inicialmente omitiu o nome para não ser descoberto, mas a própria mãe esclareceu os fatos e teria contado à Polícia que ele havia cometido um crime em Dom Pedrito. Ele consta no sistema informatizado da Polícia Civil como procurado. "Nóia" foi encaminhado ao Presídio Estadual de Alegrete. O veículo furtado foi recolhido ao depósito Bom Jesus do Detran e após periciado será devolvido ao dono. 

    Relembre o crime
    Em abril, "Nóia" esfaqueou Reinaldo Guterres de Vargas em sua residência na Rua Marechal Deodoro. Após o crime, ele roubou um televisor. No local, os policiais presenciaram uma cena de muita crueldade. A vítima estava caída no chão da cozinha, amarrada com um lençol no braço direito, com diversos cortes no tórax e um profundo corte no pescoço.

    O homem de 53 anos não resistiu e morreu no hospital. O indivíduo conseguiu fugir da cidade e se refugiou na casa da mãe, localizada no bairro Macedo, na cidade de Alegrete.

    Fonte: Portal Alegrete Tudo
    Reportagem: Elliézer Garcez e Marcelo Brum
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br