Dom Pedrito – Tribunal de Contas aprova último ano do governo Chiquinho e Raguzzoni

    5512cc4f.jpg

    O Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, através do Ofício DG nº 1432/2015, datado de 6 de março do corrente ano, encaminhou ao prefeito Lídio Bastos 'Recomendação' onde emite Parecer Favorável ao 'Processo de Contas de Governo dos Senhores Administradores de Dom Pedrito, referente ao exercício de 2012',  mencionando ter identificado apenas 'falhas formais e de controle interno'.

    O documento enfatiza, textualmente: "Considerando o fato de o Balanço-Geral da Administração Municipal e demais documentos que integram o referido Processo de Contas de Governo conterem tão somente falhas de natureza formal, não prejudiciais ao erário, bem como outras de controle interno, decorrentes de deficiências materiais ou humanas da Entidade, devidamente comprovadas nos autos, as quais, na sua globalidade, não comprometem as contas em seu conjunto, embora ensejem recomendação no sentido de sua correção para os exercícios subsequentes…".

    E finaliza: "Decide emitir, por unanimidade, Parecer Favorável à aprovação das Contas de Governo dos Administradores do Executivo Municipal de Dom Pedrito, correspondentes ao exercício de 2012, gestão dos Senhores Francisco Alves Dias e Gilberto Zambonato Raguzzoni, em conformidade com o artigo 5º da Resolução TC n. 414, de 05 de agosto de 1992, recomendando ao atual gestor que evite a reincidência das situações apontadas no Relatório do Voto do Conselheiro-Relator e tome medidas efetivas visando a atingir as metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação. Encaminhar o presente parecer, bem como os autos que embasaram o exame técnico procedido, à Câmara Municipal de Vereadores, para os fins de julgamento estatuído no parágrafo 2º do artigo 31 da Constituição Federal".

    Assinam o parecer os conselheiros Algir Lorenzon (presidente e relator), Marco Peixoto e Iradir Pietroski, além do adjunto de Procurador do Ministério Público de Contas, dr. Ângelo Gräbin Borghetti.

    "Desta forma, aprovadas as contas do último ano do 2º governo Chiquinho-Raguzzoni, encerra-se um ciclo de governabilidade idônea, isenta e competente em prol de nossa municipalidade, que orgulha a todos nós, progressistas, e serve como referência para todos os homens públicos desta terra", destaca Marco Antônio Rodrigues (Marquinhos), presidente do PP de Dom Pedrito.

    Por: Silvio Bermann
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009