Dom Pedrito – Polícia Civil e Brigada Militar prendem suspeito de tentativa de homicídio

    55130a08.jpg

    Foi preso no início da manhã desta quarta-feira (25), Carlos Eduardo Silva Machado, "Cabinho Aranda", de 28 anos. No momento da ação, o suspeito estava em casa e não resistiu a prisão. A ação foi desencadeada por volta das 7h pela Polícia Civil e contou com o apoio da Brigada Militar. Conforme o inspetor Telles, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão. "Pedimos a prisão preventiva do Cabinho Aranda, que é suspeito de duas tentativas de homicídio ocorridas no domingo (15), no Parque das Acácias", explicou Telles. Na ocasião, duas pessoas foram vitimadas, inclusive uma delas ainda se encontra em estado grave de saúde.

    Segundo informações da Polícia, Cabinho teria fugido do local do crime com a ajuda de um comparsa. Telles relatou à nossa reportagem, que na residência do comparsa foram encontrados cartuchos de armas de caça e de revólver.  

    Mandados em combate ao tráfico
    Outros dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa de suspeitos de tráfico de drogas. "Na residência dos dois rapazes não foram encontradas drogas, mas na casa de R.L.S, 25 anos, foram encontradas munições de revólver e uma espingarda calibre 36, que estava escondida no forro do quarto dele", relatou Telles. A mãe dele disse à nossa reportagem, que a Polícia persegue seu filho e que ele não tem culpa de nada. 

    O policial Lauro Telles disse que este jovem tem ligação com a gangue do São Gregório. "Nas investigações da Operação Terra Santa, que visou desarticular essa gangue, ele aparecia traficando drogas e foi impedido duas vezes pela Polícia de tentar matar um desafeto dele", declarou o policial. 

    Resultado da ação
    O suspeito das tentativas de homicídio foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito, onde está à disposição da Justiça. O seu comparsa foi ouvido e liberado. O jovem que teve a arma encontrada no forro do quarto foi autuado por posse de arma, mas como o crime é afiançável, ele pagou fiança de R$ 500,00 e responderá em liberdade.

    Reportagem: Elliézer Garcez
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009