Dom Pedrito – Pedritense assume gerência da CEEE em Pelotas

    54fb4572.jpg

    O pedritense Sérgio Danilo da Fonte Abreu, tomou posse da gerência da CEEE de Pelotas, na tarde desta sexta-feira (6). Reestruturar a empresa para torná-la mais ágil e eficiente, buscando resultados que atinjam diretamente o consumidor, é a meta do novo gerente da companhia em Pelotas e região. Durante seu discurso na solenidade, Abreu, funcionário de carreira da concessionária, disse assumir o cargo para ajudar o Estado a "tirar a empresa do buraco" e recolocá-la no topo. Um trabalho por resultados, segundo ele, é a forma de reduzir interrupções no fornecimento de energia e enquadrar a CEEE nos indicadores estabelecidos.

    Diminuir a burocracia e exigências exacerbadas pode ajudar no processo, disse, ao comentar que é preciso fazer ligações em 24 horas, como forma de facilitar a vida do consumidor. "Estou aqui para botar, junto com os colegas agregados e voltados ao objetivo principal de atender o cliente, esse trem em cima dos trilhos. Não podemos aceitar ser a pior concessionária do Estado", falou, ao se referir ao desempenho da Companhia divulgado na mídia.

    Mostrar que há um grupo técnico competente e não permitir que nenhuma intervenção de agência reguladora se instale na CEEE é um dos objetivos que o novo gerente anunciou que irá perseguir. "Quero fazer e acontecer para ajudar a salvar essa empresa que sustentou minha família por 34 anos", afirmou. Investir em tecnologia para não ficar para trás é o que tem de ser feito na visão de Abreu, que salienta a necessidade de diminuir a duração e a frequência das faltas de luz.

    Enfatiza ainda a urgência de disponibilizar mais energia e para tanto a obra da Subestação Pelotas 5, próximo da Barragem, é de extrema importância. Conforme ele, falta apenas negociar a retirada de dois imóveis para iniciar os trabalhos. No patamar de investimentos entra também a ampliação da Subestação Pelotas 1. Sobre as críticas em relação aos reajustes no preço da energia elétrica, destaca se tratar de medida do governo federal para salvar o sistema elétrico.

    Para o diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Júlio Hofer, o modelo de gestão do novo gerente é o que o Estado busca. A CEEE passa por um momento econômico difícil, mas a orientação do governo Sartori é de que a equipe encontre soluções e busque resultados com eficiência. Ainda, segundo Hofer, a estruturação da Companhia é sinônimo de progresso estadual, já que ele inexiste sem energia.

    Abreu é assistente administrativo 
    Sérgio Abreu é assistente administrativo na CEEE desde 1980 e atuava na Divisão de Manutenção da Companhia. É graduado em Ciências Contábeis, com especializações na área de Gestão. Tem 63 anos, sendo 34 deles dedicados a atividades na empresa. Disse já ter obtido todas as vantagens dentro do plano de cargos da CEEE, mas está de volta como soldado de um partido, o PMDB. "Quero retribuir tudo que consegui na minha vida profissional", conclui.

    Fonte: Diário Popular
    Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br


    Warning: A non-numeric value encountered in /home/qwerty/www/wp-content/themes/newspaper-original/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009